Anteriormente no blog eu falei sobre o tema Monstroid, uma boa opção para o seu site feito em WordPress. Porém, se você ainda não conhece a ferramenta ou só ouviu falar, espero poder te ajudar com esse post.

Falarei sobre:

O que é o WordPress?

O que é WordPress?

O WordPress é um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, também conhecido pela sigla CMS, do inglês Content Management System. Ele é basicamente um sistema web que lhe permite gerenciar conteúdo na internet de maneira facilitada, ou seja, nada de programação. Em termos mais práticos, o WordPress lhe permite criar blogs!

Só serve pra blog?

Não. E essa é talvez a parte mais legal. Devido à sua facilidade de uso e crescimento da popularidade, novas funções foram sendo desenvolvidas por terceiros e hoje já é possível criar diversos tipos de site, incluindo landing pages e lojas virtuais.

É gratuito?

Sim. Mas existem duas modalidades: o WordPress.org e o WordPress.com.

O WordPress.org é a versão gratuita e disponível para download. Essa versão é destinada para quem planeja contratar a hospedagem de sua preferência e instalar o WordPress por si só.

A instalação pode ser feita de duas maneiras, basicamente.

A primeira opção é você baixar a versão mais recente do sistema no site WordPress.org e transferir os arquivos para o seu servidor. Ao final deste artigo eu disponibilizo alguns links para tutoriais muito úteis que lhe guiam desde o download até a configuração do seu site.

A segunda opção é adquirir um plano de hospedagem no WordPress.com. Nessa modalidade, seu site é hospedado nos servidores do WordPress. O plano mais básico também é gratuito, porém bastante limitado. Por exemplo, se você deseja criar o site exemplo.com.br terá que se contentar com exemplo.wordpress.com.

Planos mais robustos também são oferecidos, são o Premium e o Business. Ambos já te permitem usar seu próprio nome de domínio, contudo, para melhor escolher entre os dois, cabe uma avaliação de quanto espaço seu site precisará, quais temas te servem bem e se deseja incluir o monitoramento através do Google Analytics.

Como ele pode me ajudar?

Acho que a essa altura já deve ter dado pra entender a utilidade do WordPress, mas vejamos mais alguns exemplos de como ele pode te ajudar.

O WordPress é ideal principalmente para quem não tem conhecimento em programação, pois possibilita a criação de sites e blogs com aparência profissional através de uma interface bastante visual e fácil de aprender.

Agências também o empregam bastante como ferramenta de criação de sites para clientes devido à facilidade que eles terão posteriormente em atualizar o próprio conteúdo. Também trabalhamos com sites e blogs em WordPress aqui na TAG (#FicaDica).

É possível criar até mesmo lojas virtuais! Embora não seja o seu foco, existem temas e plugins especializados que fazem um ótimo trabalho.

O que são temas do WordPress?

Temas são os componentes que definem o estilo do seu blog ou site e simplificam ainda mais a construção das páginas. Por exemplo: paleta de cores, fontes, adaptação para telas menores, ferramentas de construção de arrastar e soltar e componentes como carrossel de imagens, caixas e botões personalizados.

Os temas podem ser pagos ou gratuitos.

Existe uma vasta gama de temas gratuitos disponíveis no WordPress.org e alguns deles são de boa qualidade. É importante garimpar bastante para encontrar aquele que atende melhor os propósitos do seu site. Temas não responsivos, por exemplo, não são uma boa opção.

Os temas pagos, também chamados de Premium, costumam ser melhores, contudo essa não é uma regra geral. É preciso avaliar bem a relação custo/benefício. Os temas mais completos são aqueles oferecem mais opções de personalização das páginas, ferramentas de construção intuitivas e são prontos para mobile.

Um ponto importante para se observar em temas Premium são os tipos de licença. As mais comuns são as por domínio e as por desenvolvedor.

Licenças pagas por domínio permitem que você use o tema adquirido apenas um site, sendo necessário comprar o tema novamente para uso em outros sites ou blogs. Licenças por desenvolvedor já permitem que você possa usar o tema e um ou mais domínios. Essas licenças devem ser renovadas, mensal ou anualmente. Algumas fornecedoras trabalham com licenças vitalícias e acesso a múltiplos temas a depender do plano escolhido.

O que são plugins do WordPress?

Plugins são os componentes que conferem funcionalidade. Alguns temas, inclusive, contam com plugins integrados. Alguns exemplos de plugins relevantes são: formulários e menus personalizados, ferramentas de SEO, backup e Google Analytics.

Assim como os temas, os plugins também podem ser adquiridos de forma paga ou gratuita. Plugins gratuitos podem ser encontrados em WordPress.org.

As modalidades de pagamento dos plugins variam bastante, então é muito importante comparar plugins da mesma categoria e avaliar se os gratuitos já não atendem às suas necessidades.

Quais as alternativas?

Como eu falei no início, o WordPress é um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Nessa categoria existem também sistemas como o Joomla e o Drupal. Eles servem basicamente ao mesmo objetivo, entretanto possuem suas diferenças estruturais.

O Drupal, por exemplo, apresenta uma curva de aprendizado maior, porém os desenvolvedores o apontam como um sistema mais seguro. Já o WordPress é de longe o mais popular, o que faz com que haja uma comunidade de suporte enorme na internet. Todavia, tanta popularidade atrai muitos ataques de hackers.

Se está pensando em uma ferramenta focada em ecommerce recomendo dar uma olhada no Magento.

Consigo fazer meu site sozinho?

Com certeza! A princípio surgirão diversas dúvidas, mas não se desespere. É muito fácil achar bons materiais na internet. Inclusive, ao final deste artigo, eu listo umas boas fontes para você que já quer botar a mão na massa.

Conclusão

Em suma, o WordPress pode te ajudar a criar você mesmo o site da sua empresa ou blog pessoal. Faça uma boa pesquisa dos temas disponíveis e veja o quanto pode investir nessa empreitada. No início pode parecer complicado, mas é bem tranquilo depois que você se acostuma.

Agora, como prometido, seguem uns links bem interessantes que podem te ajudar a começar seus projetos agora mesmo!

Você também utiliza o WordPress? Ficou com alguma dúvida? Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo!

"Conhecimento compartilhado se multiplica..."

Tarcio Marinho

Tarcio Marinho

Cofundador e Autor

Amante de desafios, açaí e produtos da Apple, Tarcio é um solucionador de problemas empenhado em transformar a web em um ambiente muito mais agradável para todos. Seu maior defeito: ele fica triste com as pessoas que não compartilham os posts do Blog da TAG.